Categoria: Educação

    Primeiras edições do Escola Brasil

    Comemorando o programa de número 500, Luiz Alberto fica nostálgico e relembra histórias interessantes sobre as primeiras edições do Escola Brasil. Fala também dos avanços do programa, do que mais o emocionou, a aula que mais gostou, do carinho dos ouvintes…

    No primeiro programa, veiculado em 1o de dezembro de 97, o Escola Brasil contou a história do sargento Valmeron Martins, do Tiro de Guerra de Frutal, cidade do interior de Minas Gerais, que alfabetizava jovens e adultos. Ele hoje mora em Pirassununga, São Paulo. Não leciona mais, mas pretende voltar à sala de aula em breve, quando se aposentar. Ele conta na entrevista que ainda tem contato com os seus alunos, que escrevem contando como estão. Alguns já fazem o ensino médio. Ele vai para o Paraná trabalhar com educação de jovens e adultos.

    Outro programa de educação criado que auxilia diversos estudantes é o Educa Mais Brasil, através do mesmo é possível realizar cursos em diferentes níveis de ensino, desde a educação básica até mesmo a pós-graduação com bolsas de estudos de até 70% de desconto.

    Mas, se você não enquadrar nos requisitos desse programa, poderá se inscrever em outros que também fornecem bolsas de estudos, como é o caso do Quero Bolsa 2019, o qual oferece descontos de até 75%, sendo assim, você possui diversas oportunidades, e não há mais desculpas para não estudar.

    Professora Brasil 500 Anos, da Rede Globo. Exemplo de professora vai 10 quilômetros de charrete e anda cinco quilômetros para dar aula.

    Secretários de Educação dos estados das regiões Norte e Centro-Oeste elaboram planos diretores para especificar como vão utilizar a rede de computadores do Siig (Sistema Integrado de Informações Gerenciais). O prazo final para entrega dos planos é o mês de janeiro de 2000.

    Read More

    Prazo de inscrições para os vestibulares estão próximas de encerrar

    Termina nesta quinta-feira, 8 de novembro, o prazo de inscrições para o Vestibular 2019 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas (IFSULDEMINAS). Neste processo seletivo, são oferecidas 2.375 vagas em cursos técnicos e superiores nos câmpus Inconfidentes, Machado, Muzambinho, Passos, Poços de Caldas e Pouso Alegre e nos polos Alterosa, Capetinga e Guaxupé.

    Para se inscrever, o interessado deve acessar o site, clicar no menu “inscrição”, selecionar o câmpus onde pretende estudar, escolher o curso e seguir as instruções do sistema. O edital é o maior já aberto pelo IFSULDEMINAS. São 60 cursos em diferentes modalidades de ensino (Ensino Médio Integrado ao Técnico, Técnico Subsequente, Técnico Concomitante, Especialização Técnica, Programa de Educação de Jovens e Adultos, Graduação – Tecnologia, Licenciatura e Bacharelado).

    É muito importante que você tenha concluído o ensino fundamental e médio, para que assim, possa ter um crescimento educacional e profissional. Para a conclusão desses ensinos você pode se inscrever no Encceja e receber o seu diploma.

    A prova do Encceja é realizada todos os anos e auxilia diversos estudantes a continuarem seus estudos, aproveite essa oportunidade e se inscreva o quanto antes!

    Os candidatos podem optar por cursos técnicos como Agropecuária, Informática, Alimentos, Enfermagem, Edificações, Produção de Moda, Eletrotécnica, Comunicação Visual, Segurança do Trabalho entre outros; e cursos superiores como Engenharia Agronômica, Tecnologia em Cafeicultura, Educação Física, Ciências Biológicas, Ciência da Computação, Engenharia de Alimentos e Tecnologia em Gestão Ambiental.

    No ato de inscrição, é preciso ficar atento à etapa que envolve o sistema de cotas. Neste Vestibular, 50% das vagas foram reservadas para candidatos beneficiados pela Lei 12.711, de 29 de agosto de 2012. Conforme a legislação, metade das vagas oferecidas em instituições federais devem ser destinadas a estudantes de escolas públicas com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário-mínimo e meio e também a candidatos que tenham feito todo o ensino fundamental e médio na rede pública.

    Outra etapa importante é o pagamento da taxa de inscrição. Somente após a quitação do valor, a inscrição é efetuada. Para os cursos de nível técnico, a taxa é R$ 25 e para os cursos superiores, R$ 50. O pagamento deve ser realizado nas agências bancárias. Para aqueles que têm dificuldade em acessar a internet, a secretaria escolar do câmpus onde o curso é oferecido disponibiliza computador para realizar a inscrição.

    As provas estão marcadas para domingo, 2 de dezembro. Os candidatos dos cursos técnicos farão exames de Língua Portuguesa, Matemática e Redação; já os dos cursos superiores farão testes de Redação, Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Matemática, Biologia, Química, Física, Geografia e História.

    Para os cursos PROEJA do Câmpus Muzambinho e polo Guaxupé, a seleção será por sorteio público, também no dia 2. O resultado final do Vestibular 2013/1º semestre é previsto para ser divulgado a partir de 10 de janeiro. A Comissão Permanente de Processo Seletivo (Copese) recomenda que todos os candidatos leiam atentamente o edital e os respectivos manuais referentes a cada câmpus.

    Read More