Categoria: Veículos

    Consultar Impostos de Responsabilidade do DETRAN

    Com uma plataforma bem fácil de ser manuseada, o DETRAN oferece aos seus contribuintes a opção de gerar a guia do boleto de pagamento do IPVA diretamente do seu site. Para acessar, basta ir ao site e depois se dirigir ao tópico BOLETOS, onde há, entre outros pagamentos, o do IPVA São Paulo. Após clicar, escolha a parcela a ser quitada, preencha os dados e o código de segurança que se encontra na tela. Quem ainda prefere fazer tudo de forma presencial, precisa se dirigir a uma unidade do DETRAN dentro do prazo previsto com os documentos do motorista e do veículo em mãos.

    Como pagar o IPVA

    Para pagamento do IPVA presencialmente, o contribuinte pode escolher as opções Boleto, CRLV (paga apenas em dinheiro), DARE (com código de barras). Correntistas podem fazer o pagamento em caixas eletrônicos de seu respectivo banco juntamente com o boleto. Correntistas do Itaú também pode fazer o pagamento com o DARE. Para clientes do Banco do Brasil, não é necessário ter boleto, precisam apenas ir a uma unidade de autoatendimento, acessar a opção de pagamento sem código de barras, seguir os passos e autorizar o débito.

    Para pagamento via internet, basta ser correntista e pagar o boleto normalmente, com a confirmação do pagamento em 24 horas. Quem escolheu a opção de pagamento com o DARE precisa ser correntista do banco Itaú. Demais clientes podem efetuar o pagamento na boca do caixa de qualquer banco. Clientes com o pagamento atrasado, precisam se regularizar na Secretaria Estadual, do contrário, estarão sujeitos a ficar com nome no Serasa.

    Serviços do DETRAN

    Nas unidades VAPT VUPT do DETRAN é possível encontrar variados tópicos prestação de serviços relacionados ao pagamento de taxas de veículos automotores assim como pedidos de transferência, alterações, segundas vias, consultas de multas e etc. Essas e outras opções também estão disponíveis no site do DETRAN.

    Para maiores dúvidas e informações, há o DISK DETRAN, com atendentes que auxiliam e informam os clientes sobre CNH, IPVA, multas de veículos e outros assuntos relacionados.

    Read More

    Saiba como conduzir em um Rodovia

    A lenda que captura o post hoje pode ser vista em centenas de sinais que povoaram as estradas quando eu era criança. Era para deixar uma cidade para caminhar até a próxima e você não deu meio passo, que os sinais pareciam falar com você: “Caminhe à sua esquerda e assim você verá os carros na frente; é para sua segurança “. E você entendeu que era para sua segurança.

    Hoje, esse aviso dificilmente existe em nossas estradas interurbanas e não é difícil ver pessoas andando torpemente nos ombros direitos com um rosto terrível porque não sabem o que os veículos estão a decorrer em cada momento. Não digo que com o sinal que os pedestres seguiram cegamente a norma, essa desobediência já é conhecida como esporte nacional por excelência, mas eu suspeito que um dos mais de 200 pedestres matados todos os anos será salvo pelas nossas estradas.

    Lembre-se também que para conduzir em uma rodovia você deve estar com os impostos do seu veículo todos em dia, dentre eles o DPVAT, que é um seguro obrigatório destinado as vítimas de acidentes de trânsito, em caso de óbito, invalidez permanente e também para cobrir despesas médicas.

    Se você é motorista no estado do Rio Grande do Sul deve pagar todos os anos de forma obrigatória o seu Seguro DPVAT RS e também o IPVA e Licenciamento do veículo, para que assim, seu veículo possa estar regularizado e você possa circular tranquilamente pelas rodovias.

    Principais elementos para as Rodovias

    Em uma ocasião, eu li que é um erro confiar em que o usuário da estrada está totalmente formado e que é de vital importância lembrá-lo em cada momento do fundamental. O sociólogo Amando de Miguel disse que seguiu um relatório do Instituto rio grande do norte de Segurança Rodoviária – vítimas da vida – o comportamento dos pedestres na via pública. E este grupo, o mais numeroso, porque afinal somos parte dele, muitas vezes é uma vítima e executor de si mesmo. Seguindo essa ideia de atualizar o fundamental, hoje revisaremos algumas dicas básicas para evitar cair na estrada quando somos os que caminhamos.

    Talvez estes dias desejemos deixar o carro ou a motocicleta e ir à montanha para caminhar por algumas horas, um exercício que é mais do que saudável. Se você nos der a fazer algo assim, a primeira coisa a lembrar é que na estrada também temos obrigações como os pedestres, que, no final, resultarão em nossa própria segurança.

    O primeiro deles, ocupa o espaço da trilha que nos corresponde. Se houver calçadas ou caminhos fora da estrada, devemos usá-los. Se não tivermos outra escolha, caminhamos pelo ombro esquerdo na direção de nossa marcha. Desta forma, vamos controlar sempre os veículos que circulam pela rodovia e poderemos nos afastar, se necessário, para evitar riscos desnecessários. Se você nos der um caminho ao longo de uma estrada sem ombros, não podemos fazer nada além de caminhar ao longo da estrada (sempre no lado esquerdo),

    Como conduzir em uma

    Quando atravessamos a estrada, devemos lembrar que estamos assumindo um alto nível de risco. Não brincadeira: vamos ao passo que vamos e os carros chegam em alta velocidade. Portanto, devemos escolher um lugar onde possamos ver qualquer veículo que possa vir e ser visto por qualquer motorista que se aproxime do lugar. Além disso, deve ser um lugar que nos permita atravessar a estrada em linha reta e usar o menor tempo possível. Ao atravessar, nossa velocidade deve ser superior à de março, mas sem correr para se não for necessário, não será que tropeçamos nos piores momentos.

    Devemos sempre ser visíveis para os outros. Andando, as coisas são jogadas sobre nós no ritmo que estamos marchando e qualquer imprevistos, salvando-a, parando ou modificando ligeiramente nossa trajetória. Por outro lado, para o motorista, o pedestre é uma parte imprevista da estrada e, portanto, ele deve nos ver o mais rápido possível.

    Desta forma, suas decisões e ações serão corretas e serão realizadas em um tempo mínimo. Se nossa roupa contrasta com o estágio em que nos movemos, estaremos ajudando os motoristas a nos detectar a tempo. Isso sempre se aplica, mas especialmente quando o dia escurece ou quando chove mesmo. Se assumirmos que será durante a noite enquanto caminhamos, é de vital importância transportar dispositivos reflexivos ou uma lanterna para nos ver melhor.

    Read More